Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira Capítulo 8

Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira Capítulo 8

 

Acordei no outro dia quebrada, parecia haver dormido em cima de pedras, Noah tinha acordado. mais de três vezes na noite, e não queria dormir na última vez que acordou, como não tinha muita coisa para fazer, e ele ainda estava dormindo, resolvi ligar para minha amiga Isa, que com certeza estava morrendo de preocupação comigo. 

No dia anterior, havia comprado um chip novo para o celular, mesmo sabendo que minha mãe não iria me ligar com certeza, tinha medo do sem escrúpulos do Sandro querer vir atrás de mim, ou tentar me ligar fazendo ameaças. Sandro era um homem muito rigoroso dentro de casa, e vaidoso também, aquele prato de comida deve ter dado a ele uma boa cicatriz no rosto, e conhecendo como ele era, sabia que não deixaria esse fato pa*sar em branco, além disso, ele não falou nada para a minha mãe, esperava se vingar sozinho, e sabe lá que método usaria. Por ser um funcionário que trabalha no ministério público, tinha acesso a muitas coisas, e conhecia gente importante também, seria muito fácil ele me achar se continua*se na cidade, apesar que aqui também eu 

corro esse risco. (14 

Aló quem fala? – Isa atendeu desconfiada. 

O amor da sua vida. 

– 

Brinquei 

– Rora, meu Deus, é você? – Exclamou. 

– 

Para sua felicidade, sim, este é o meu novo número, salva ai. 

– 

Amiga, como você, está? Onde você está? Com quem você está? 

– 

– Ei! Vai com calma, tudo bem? Uma pergunta de cada vez. Sorri, mas continuei fazenda próximo a capital, arrumei um emprego como babá, e moro na casa. 

– 

– Sério. Tão rápido? 

Estou numa 

– Sim, amiga, depois conto com detalhes tudo que aconteceu, mas me fala, seus pais não ficaram furiosos com você por perder a pa*sagem? 4 

– 

– Claro que não, bem… Enrolou. Minha mãe estranhou, e me fez algumas perguntas, Rora, você sabe que não consigo esconder nada da minha mãe, eu tive que contar a verdade para ela. 

Por que você fez isso Isa? 

  • Porque ela não parava de perguntar, do porqué eu ter chegado estranha, fiquei muito preocupada com você. Contei tudo a ela, que ficou desacreditada, com o que ouviu, no outro dia, pa*samos de frente a sua casa, só para ver se viamos aquele sem escrúpulos ou a sua mãe, e você não vai acreditar, suas roupas e suas coisas estavam todas jogadas no lixo da frente, o Sandro com 

certeza fez isso, minha mãe ficou abismada. 

14 

vagabundo do Sandro, e com certeza quem jogou minhas coisas fora foi ela. 

– 

– Não é possível, dona Vânia ficou louca, só pode. – Falou sem acreditar. 

– Esquece isso, você já está na capital? 

– Já, sim, cheguei ontem na casa de minha tia, hoje tirei para descansar, fim de semana vou organizar as coisas para começar as aulas na segunda, faculdade em tempo integral vai ser muito dificil, espero me sair bem. 

– 

Fico feliz demais por você, Isa, você merece muito tudo isso que está acontecendo contigo. 

Mas me diz, como você conseguiu o emprego tão rápido? E ainda sendo menor de idade. 

-Eu expliquei minha situação, e me deram uma chance. – Não queria preocupar mais a minha amiga, ainda mais depois de tudo que ela fez por mim. 

Amiga e o pessoal aí é legal, vão te pagar bem? 

Ainda não sei direito como são, mas o bebê é uma gracinha, tem apenas dias de vida, é um menininho e se chama Noah, a gente fica grudadinho 24 horas, e já estou apaixonadinha por ele. 

– Ai meu Deus, só de você falar a*sim, já quero conhecer esse toquinho de gente, que sorte em 

Aurora? Poder trabalhar com o que gosta, e eu sei que as coisas darão certo para você também. 

– 

Verdade, e quanto ao salário que você me perguntou, é bom também, e ainda mais por morar na casa e não ter despesas com alimentação e outras coisas. 

– Estou aliviada por saber disso tudo agora amiga, mas me fala uma coisa, você disse que contou para a sua mãe sobre aquele safado, por acaso você deu seu número novo para ela? 

– Não, daquele dia que peguei o ônibus, ela me ligou quando eu estava na estrada, já que estava bem longe, resolvi atender, mas ela não acreditou em mim, nem em um segundo duvidou daquele 

sem vergonha. 

— 

– Poxa Rora, será que ele vai deixar por isso mesmo? Não quero te a*sustar não amiga, mas você fique bem escondida onde está. Ele trabalha no ministério público, pode puxar seu novo endereço, quando registrarem você no seu emprego. 

Já havia pensado nessa possibilidade, aquele homem deve está se sentindo com a masculinidade 

frágil, pois além de ser rejeitado eu ainda o feri, não poderia de modo algum deixar que me 

registrem aqui, ele puxaria logo meu endereço e poderia vir me fazer mal, e agora ficaria mais difícil, pois não há mais ninguém que possa me ajudar. 

– 

-Eu vou tomar cuidado com isso, pode ficar despreocupada Isa, logo quando juntar mais um dinheirinho, irei para o mais longe que puder, agora eu vou ter que desligar, preciso dar banho no 

Noah 1 

– Tudo bem, qualquer coisa me liga, não importa a nora certo? Estarei na correria, mas sempre terei tempo para você. Beijos! (1) 

Após terminar a ligação, tomei banho, e dei banho no Noah, troquei suas roupinhas. Ele estava tão lindo, cada roupa que havia comprado era mais linda que a outra, dei a vitamina que o médico. receitou, coloquei-o no carrinho e fui pa*sear um pouco com ele. 

Ao sair da casa, comecei a observar o local, de dia esse lugar parecia mais com o paraiso, cheio de gramas e árvores gigantescas ao redor, as mesmas árvores que faziam parecer sombrio a noite. 

Havia um imenso jardim na lateral, e um celeiro, que eu conhecia muito bem por dentro, por haver pa*sado a noite ali 

Caminhando mais um pouco, havia uma cerca de madeira onde havia lindos cavalos pastando, caminhei bastante e vi uma horta gigante, uma estrada de terra pura, que com certeza levava para as grandes plantações, já que dois carros cheios de homens pa*saram por mim durante a minha caminhada, e bem mais a frente, uma estrada asfaltada, acho que iria para a vila São Caetano, onde os trabalhadores da fazenda moravam. 

– O que está fazendo aqui a essa hora? 

Me a*sustei com uma voz masculina, que veio das minhas costas, olhei para trás, e vi o homem que ontem estava conversando com Oliver. (5) 

Trouxe o Noah para tomar um sol. – Respondi. 

Como é o seu nome mesmo? 

– Aurora, senhor. 

Aurora… Olhou para os lados como se estivesse pensando em algo. Está um belo dia não é mesmo Aurora? 

Fiquei quieta, e voltei meu olhar para o Noah, o homem se aproximou mais. 

– E esse garotão aí, como está hoje? – Voltou-se para o Noah no carrinho. 5 

– Está muito bem senhor! 

-Incrível que você, com apenas 18 anos, tenha experiência com crianças. 

– 

– Não tenho 18 anos, tenho 17, e tenho experiência porque cuidei de minha irmã mais nova, desde que nasceu. Não era preciso continuar na mentira naquele momento, afinal, aquele homem. 

— 

poderia estar jogando verde a mando do Oliver, não iria cair nos joguinhos dele, mesmo a*sim, o homem fez cara de surpresa, como se não soubesse. 

– 

De onde você é Aurora? 

– 

– Sou de uma cidade do interior, em outro Estado. 

– 

– 

Outro Estado? Parecia pensar. 

– 

Esta muito longe de casa em? O que uma menor de idade esta 

fazendo trabalhando tão longe de casa? 

Desculpas senhor, mas não o conheço e não quero falar de minha vida particular. 

– 

– 

– Perdoe-me, ainda não me apresentei, não é mesmo? Sorriu Me chamo Saulo, sou amigo e sócio do Oliver. – Estendeu a mão direita em sinal de cumprimento. 

Por educação o cumprimentei, mas não estava gostando daquela conversa, e queria sair dali o mais rápido possível. 

– Tenho que ir, o Noah precisa se alimentar. 

Empurrei o carrinho em direção a casa, mas antes de começar a andar, o homem me chamou a atenção. 

– Aurora! 

Olhei para trás. 

Cuidado com o Oliver, cuidado com o que você diz ou promete a ele. 

Fiquei sem entender nada, mas não queria parar para continuar a conversa, ainda mais, estava um pouco longe da casa, e estava sozinha com o Noah, a presença daquele homem ali agora me dava um pouco de medo, e me lembrei do Sandro, não confiava ficar sozinha com um homem, não sabia 

as suas intenções 17 

Dei pa*sadas mais rápidas e fui direto para o quarto, 18 

Today’s Bonus Offer 

GET IT NOW 

Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Score 9.9
Status: Ongoing Type: Author: Artist: Released: 10/5/2023 Native Language: Portuguese
Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira" Novel is a subgenre of romance fiction that features a romantic relationship between the main characters, Célia Oliveira one of whom is a chief executive officer (Célia Oliveira) or high-ranking corporate executive. Read More Ex-wife’s Disguised Identity by Josie Atkins Novel

Read Online Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Aurora era uma garota cheia de sonhos, que começaram a ser destruídos após a morte de seu pai.Tudo que ela queria era dar uma vida melhor para a mãe, mas tudo mudou, quando sua mãe conhece um homem e se casa novamente, se transformando praticamente em outra mulher, Aurora que era filha amada, ficou detestada pela mãe, que tinha ciúmes do marido com a filha, as coisas só pioram quando ela tem que fugir de casa para não ser violentada pelo padrasto, e na procura por um lugar para morar, acaba encontrando um homem misterioso numa ponte...

Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Some Important Questions Related to the Story

  1. What time did Aurora's mother arrive home, and why was she upset?
    • Aurora's mother arrived home after six o'clock, and she was upset, possibly due to something Sandro had done or said.
  2. How does Aurora contribute to her household?
    • Aurora takes care of her younger sister, Alice, so her mother and her boyfriend, Sandro, can work outside the home. She also makes hair bows to earn some money.
  3. Why does Aurora hide her earnings from making hair bows?
    • Aurora hides her earnings because she plans to use the money to leave home when she turns eighteen and doesn't want her family to take it from her.
  4. Why hasn't Aurora been able to pursue her dream of attending college?
    • Aurora's mother didn't allow her to attend college because she believes Aurora should take care of Alice instead of pursuing higher education.
  5. What is the nature of Aurora's relationship with her friend Isadora?
    • Aurora and Isadora are best friends who met in elementary school. They had plans to attend college together, but Isadora is now leaving for another state to study medicine.
  6. What is Aurora's ultimate goal when she turns eighteen?
    • Aurora's goal when she turns eighteen is to leave her current home and start a new life in a different city, far away from her family's toxic environment.
  7. Why does Aurora's mother's attitude toward her change after she started dating Sandro?
    • Aurora's mother's attitude changed because she became infatuated with Sandro and allowed her jealousy and possessiveness to affect her relationship with Aurora.
  8. How does Aurora plan to support herself when she leaves home?
    • Aurora plans to support herself by finding a job, renting a small apartment, and eventually pursuing a college education to achieve her dreams.
  9. What does Aurora think about her two months left in her current situation?
    • Aurora sees these two months as a short period in comparison to the difficult years she has endured and is determined to leave her current situation behind.
  10. Why does Aurora want to move to a distant city?
    • Aurora wants to move to a distant city because she believes that anywhere else would be better than her current situation at home, and she is determined to start fresh and pursue her dreams away from her family's toxic environment.

Conclusion

Aurora's story is one of resilience and determination in the face of a challenging family situation. Despite her difficult circumstances, she is determined to break free, pursue her dreams, and build a better life for herself. Her unwavering spirit serves as a testament to the power of hope and ambition.  

Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Options

not work with dark mode
Reset