Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira Capítulo 39

Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira Capítulo 39

39 

Eram três e meia da manhã, e acabamos de ver a câmera de segurança, o vagabundo do 

sequestrador, estava vestido totalmente de preto, com boné e máscara, não podendo identificar a cara, mas eu sabia muito bem quem era. 

Já havia chamado a policia, que já estava investigando as câmeras de segurança da estrada, e eu chamei mais cinco carros de segurança particular, eles eram homens totalmente armados e de confiança 

Logo um carro suspeito foi visto, pelas câmeras, ao investigarmos a placa, descobrimos ser de um funcionário do hospital onde Aurora ficou internada 

Eu estava angustiado, Selma já estava cuidando de Noah, e eu peguei meu carro e tentava imaginar para onde aquele imbecil do padrasto havia a levado. 

Eu tinha certeza que era ele, já havia falado para a policia de minha suspeita. 

Logo eles ligaram para a mãe de Aurora, que se justificou dizendo que, o marido estava viajando a trabalho. 

Eu não sabia dizer se essa mulher estava acobertando o canalha do marido. 

Tanto que após a polícia ligar, resolvi conversar com ela, por conta própria. 

– Escuta senhora, se a senhora não me falar onde está o seu marido exatamente, as coisas ficarão feias para você também. 

Quem é você? Não é da polícia, porque eles já me ligaram mais cedo, eu sei que não é! Você está ligando atrás daquela menina, por acaso é algum namoradinho drogado dela? 

– 

Seu marido sequestrou a Aurora, as coisas ficarão feias se eu encontrá-lo antes da policia! 

– Você está me ameaçando? Por acaso você sabe quem eu sou? Aliás, sabe quem meu marido é? Ele é funcionário do ministério público, nós conhecemos muitas pessoas influentes, eu vou é acabar processando você, que deve ser algum moleque nas fraldas ainda, que aquela ingrata da Aurora arrumou, fique sabendo de algo, se ela está sumida, é porque alguma coisa deve ter feito, está apenas colhendo o que plantou, talvez esteja devendo droga ou mexido com algum homem. casado, porque foi isso que ela fez aqui em casa, deu em cima do meu marido, enquanto eu estava trabalhando e a irmã estava doente na cama, Aurora não presta, é uma sem futuro e você seu 

moleque, vá procurar o que fazer ao invés de ir atrás daquela perdida. 

– 

– Logo você saberá quem sou, e a única pessoa que não presta nesta história é você e aquela 

canalha, fique ciente de uma coisa, se seu marido tocar num fio de cabelo dela, considere-se uma 

mulher viúva! @ 

Desliguei o telefone, estava com raiva, eu não acredito que numa situação dessas, a mae ainda 

fique contra a filha, como uma pessoa tão boa e doce como Aurora podia ser filha de um monstro 

desses? 

Meu telefone tocou, e atendi imediatamente, era um dos meus seguranças. 2 

– Senhor, recebemos informações que um carro com a mesma descrição do carro do sequestrador foi em direção a ilha Valença, 

Chamem todo o reforço. 

– Ainda não falamos com a polícia. 2 

Não precisa, nós vamos cuidar desse a*sunto sozinhos, chamaremos a policia na hora certa. 

Peguei o carro e fui em direção a ilha Valença, que ficava a uns 40 quilômetros de onde estávamos, meu coração estava acelerado, eu imaginava que o pior pudesse acontecer com ela se demorássemos demais, já havia se pa*sado quatro horas após eu notar o desaparecimento dela, estava inconformado, por que mandei ela me esperar lá fora? 

Por que eu não deixei que ela fosse cuidar do Noah e eu que fica*se a esperando? 

– Que droga! 

Batia no volante do carro enquanto dirigia, não podia deixar que algo acontecesse com ela, ainda mais agora, que consigo perceber o que estou sentindo. 

Meu carro estava em alta velocidade, eu não estava nem aí para as multas de trânsito. Logo encontrei com os seguranças, que estavam nos carros e fizemos uma rota estratégica. 

A Ilha Valença era um lugar de dificil acesso, havia um hotel que começou a ser construido là hà anos e nunca foi terminado, ela só poderia está lá. 

Resolvemos nos separar e rodear o lugar, a*sim não daria espaço para que eles pudessem fugir, em certo ponto deixamos o carro e começamos a andar a pé para não dar na cara a nossa chegada, a outra equipe, mapeou o local com um drone, mesmo que ainda estivesse clareando, deu para ver o 

carro do safado estacionado, num local de dificil acesso. 

– Quero que vocês tenham cuidado com ela, entendeu? Quero ela sem um arranhão. 

– Eos sequestradores? 

Não me importo, façam o que tiver de ser feito, se eles se preocupa*sem com suas vidas, não 

estariam fazendo esse tipo de besteira. 

– Sim senhor! 

Eu também estava armado, ser um empresário conhecido no ramo do agronegócio, às vezes é 

muito perigoso, tanto que quando tirei meu porte de arma, a primeira coisa que fiz foi montar meu 

Me lembro quando eu saía para caçar com meu pai, era tão divertido os momentos que pa*sávamos juntos, e, ao mesmo tempo, um treino, geralmente ca*sávamos no final do outono, a*sim tinhamos comida para o inverno, nunca matei ninguém na vida, mas faria, se fosse preciso. 1 

Quando aconteceu toda aquela merda na fazenda, e vi Túlio e Liana juntos, pensei mil vezes em estourar os miolos dele, mas não! 

Fui tão besta em pensar na Liana, e pensei também em meu filho, não merecia nascer com o pai atrás das grades. 

Quando Liana fugiu do hospital com Tulio, eu pensei também em tirar minha vida dentro de casa, com a arma seria mais rápido, mas não tive coragem 

Não queria que Noah crescesse no lar onde o pai tivesse cometido tal ato, naquela noite, eu sal sem rumo e sem direção, havia deixado Noah deitado na cama, mandei mensagem para o Saulo dando todas as coordenadas do que ele deveria fazer. Após a minha morte, ele cuidaria de Noah, daria o melhor e mais merecido futuro a ele, e logo após completar seus 18 anos, ele e Saulo dividiriam a fazenda e todos os meus outros bens em partes iguais. 3 

Estava desolado, quando pensei haver chegado ao fim da minha vida, ouvi aquela doce voz, pensei que fosse fruto da minha cabeça que não estava nada bem, mas, Aurora apareceu, estava toda encharcada, pálida igual a um defunto, seus lábios tremiam de frio, seus olhos estavam a*sustados, mesmo a*sim, ela gritou e pediu para que eu não fizesse aquilo. 

Ela poderia ter morrido ali, eu poderia ser um monstro e ter acabado com ela naquela estrada, mas ainda a*sim, pensou em salvar um estranho, devo a minha vida a ela, hoje eu realmente agradeço por ela aparecer, não só naquela ponte, mas também em minha casa, cuidado do Noah, me ensinando do seu jeito a ver as coisas de outro ângulo, e me mostrando, que nem todas as pessoas são canalhas. 6 

Tentei me manter afastado, tentei não pensar nela, mas ela traz uma paz tão grande quando estou ao seu lado, o seu jeito inocente de ver a vida, sem ambição nas coisas alheias, ela simplesmente quer um lugar e pessoas para poder chamar de lar. 

Hoje eu iria retribuir o favor que ela me fez na ponte salvando a minha vida, e eu não mediria esforços para tirá-la de lá sã e salva. 7 

Today’s Bonus Offer 

GET IT NOW

Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Caminho Traçado – Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Score 9.9
Status: Ongoing Type: Author: Artist: Released: 10/5/2023 Native Language: Portuguese
Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira" Novel is a subgenre of romance fiction that features a romantic relationship between the main characters, Célia Oliveira one of whom is a chief executive officer (Célia Oliveira) or high-ranking corporate executive. Read More Ex-wife’s Disguised Identity by Josie Atkins Novel

Read Online Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Aurora era uma garota cheia de sonhos, que começaram a ser destruídos após a morte de seu pai.Tudo que ela queria era dar uma vida melhor para a mãe, mas tudo mudou, quando sua mãe conhece um homem e se casa novamente, se transformando praticamente em outra mulher, Aurora que era filha amada, ficou detestada pela mãe, que tinha ciúmes do marido com a filha, as coisas só pioram quando ela tem que fugir de casa para não ser violentada pelo padrasto, e na procura por um lugar para morar, acaba encontrando um homem misterioso numa ponte...

Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Some Important Questions Related to the Story

  1. What time did Aurora's mother arrive home, and why was she upset?
    • Aurora's mother arrived home after six o'clock, and she was upset, possibly due to something Sandro had done or said.
  2. How does Aurora contribute to her household?
    • Aurora takes care of her younger sister, Alice, so her mother and her boyfriend, Sandro, can work outside the home. She also makes hair bows to earn some money.
  3. Why does Aurora hide her earnings from making hair bows?
    • Aurora hides her earnings because she plans to use the money to leave home when she turns eighteen and doesn't want her family to take it from her.
  4. Why hasn't Aurora been able to pursue her dream of attending college?
    • Aurora's mother didn't allow her to attend college because she believes Aurora should take care of Alice instead of pursuing higher education.
  5. What is the nature of Aurora's relationship with her friend Isadora?
    • Aurora and Isadora are best friends who met in elementary school. They had plans to attend college together, but Isadora is now leaving for another state to study medicine.
  6. What is Aurora's ultimate goal when she turns eighteen?
    • Aurora's goal when she turns eighteen is to leave her current home and start a new life in a different city, far away from her family's toxic environment.
  7. Why does Aurora's mother's attitude toward her change after she started dating Sandro?
    • Aurora's mother's attitude changed because she became infatuated with Sandro and allowed her jealousy and possessiveness to affect her relationship with Aurora.
  8. How does Aurora plan to support herself when she leaves home?
    • Aurora plans to support herself by finding a job, renting a small apartment, and eventually pursuing a college education to achieve her dreams.
  9. What does Aurora think about her two months left in her current situation?
    • Aurora sees these two months as a short period in comparison to the difficult years she has endured and is determined to leave her current situation behind.
  10. Why does Aurora want to move to a distant city?
    • Aurora wants to move to a distant city because she believes that anywhere else would be better than her current situation at home, and she is determined to start fresh and pursue her dreams away from her family's toxic environment.

Conclusion

Aurora's story is one of resilience and determination in the face of a challenging family situation. Despite her difficult circumstances, she is determined to break free, pursue her dreams, and build a better life for herself. Her unwavering spirit serves as a testament to the power of hope and ambition.  

Caminho Traçado - Uma babá na fazenda By Célia Oliveira

Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Options

not work with dark mode
Reset